Seguidores

Follow by Email

quarta-feira, 25 de julho de 2012

PORTA CHAVES

Faça um porta-chaves com a técnica do mosaico de azulejos 

Link to Artesanato e Decoração - Vila do Artesão




Porta-chaves de mosaico feito com sobras de madeira
Pessoas queridas, hoje resolvi aliar o mosaico à reutilização. Muitas pessoas me escrevem pedindo idéias do que fazer com sobras e pedaços de madeira. Em minha oficina, sempre há sobras de madeira, pois compro chapas de MDF e compensado, e corto os tampos de mesa e painéis. Fico com dó de jogar estas sobras fora, e sempre as guardo, para futuras inspirações. Hoje será um porta-chaves.

Separei uma sobra de madeira para fazer um porta-chavesAchei um pedaço pequeno de MDF, de espessura de 10 mm, e logo tive a idéia de fazer um porta-chaves, que é uma peça bem funcional.

Todo mundo precisa, e a procura aqui no atelier é bem grande.
Outras idéias para restos de madeira: cabideiros, descansos de panelas e quadrinhos para parede.

Primeiro, medi o pedaço de madeira, e vi que dali sairiam 2 porta-chaves. Com a serra tico tico, serrei a madeira e preparei duas bases.Cortei a sobra em duas bases de porta-chaves

Se você não tem a serra, leve a madeira a um marceneiro, para que ele meça e corte pra ti.
Você pode também pedir sobras de madeira em uma marcenaria, pois muita coisa é jogada no lixo. Muita mesmo.

Marque as posições para fixar os ganchos
Na madeira já cortada, vamos marcar os pontos onde colocaremos os ganchos, para que tudo fique perfeito e certinho.
Fiz um quadrado ao redor de cada ponto, que é onde não colocaremos os cacos de azulejos. Se colocarmos, é impossível fixar os ganchos depois.

Decidi fazer um desenho que eu não faria se o trabalho fosse com pastilhas de vidro, pois ele é composto de elementos pequenos, e tem muitos detalhes.Faça um desenho decorativo

Vocês perceberão, ao trabalharem com diferentes materiais, que alguns são mais maleáveis que outros.
Os azulejos são assim. Podemos quebrá-los em pedaços bem menores do que as pastilhas, o que nos possibilita um trabalho mais minucioso.
Da mesma forma como podem ser quebrados em micro pedaços, podemos trabalhar com pedaços bem maiores do que uma pastilha. Um mesmo desenho, feito com azulejos, fica totalmente diferente se feito com pastilhas de vidro.
Eu gosto de trabalhar tanto com azulejos como com as pastilhas, mas conheço pessoas que gostam de um material, e não gostam de outro.
O trabalho com azulejos é mais “sujo”, pois as peças esfarelam um pouco, ao serem cortadas. O ideal é que limpemos sempre, para não nos machucarmos, e para trabalharmos melhor.

Use a torques normal para cortar o azulejoPara cortar os azulejos, usaremos a torquês sem roldanas. 
Como os desenhos são pequenos, cortaremos diversos mini cacos, em diferentes formatos, para depois os encaixarmos, formando os desenhos.Corte pedacinhos bem pequenos
Desenhe as asas dos passarinhosPara as asas, resolvi usar um caco só, cortado no formato que desenhei. 
Com a caneta, desenhei a asa no azulejo, e fui cortando e arredondando, até chegar no formato ideal.Corte o contorno com cuidado
Lixe as asas para dar acabamentoDepois, lixei levemente a peça, porque sempre ficam algumas rebarbas e pontas. 

Esta parte requer um pouco de prática, e você pode fazer muitos cortes errados, antes de acertar. Isso acontece sempre comigo, mas eu não desisto!
Treine bastante, mas, se achar muito complicado, faça as asas com os caquinhos.

Cole as asas na madeira.Clique aqui e relembre as dicas sobre materiais.Cole as asas na madeira
Cole os contornos primeiroOs desenhos devem ser preenchidos pelos contornos, como expliquei no post passado. Clique aqui e relembre. 

O legal dos azulejos é a possibilidade de criarmos formas mais abstratas.
Vejam, por exemplo, os arabescos verdes. Eles não são perfeitos.

Um caco se liga ao outro, imperfeitamente, mas, quando observamos o resultado, a forma é definida, e há harmonia, movimento. Cole cacos irregulares para os arabescos
Corte os cacos do fundo maioresO fundo, como sempre, é a parte mais fácil, pois podemos utilizar cacos maiores, e, como não há formas, não dá tanto trabalho quanto na montagem dos desenhos. 
Aqui, devemos prestar atenção aos limites. É necessário que os cacos das bordas fiquem alinhados com a madeira. Eles não podem sair, nem ficar para dentro da margem.Cole primeiro as bordas
Complete todo o contorno
Começamos fazendo todo o contorno. Sugiro que os cacos sejam mais retos, como quadrados e retângulos, que serão sempre alinhados. 
Notem que não são peças perfeitinhas, pois todos os cortes são feitos à mão.
Depois de feito o contorno, faremos o restante do fundo, com cacos de todos os formatos.
Passe cola em um pedaço de cada vez e cole os cacos.
Não se esqueça de deixar os quadrados dos ganchos vazios.
Comece a completar os espaços
Espere o mosaico secar totalmente
Quando terminamos o mosaico, esperamos a peça secar, de um dia para o outro.
No dia seguinte, prepare o rejunte como aprendemos no post da bandeja. 

O rejunte seca muito rápido no mosaico de azulejos, porque a cerâmica absorve rapidamente a água usada na sua confecção. 
Então faça o rejunte um pouco mais mole, usando mais água, e passe na peça.Aplique o rejunte sobre o mosaico
Limpe o rejunte rapidamenteLimpe com a estopa logo em seguida. Não espere muito, pois depois fica mais difícil de limpar. 
Nas laterais, passamos o rejunte com os dedos, para preencher os vãos entre os cacos de azulejo e a madeira.Passe rejunte nas laterais
Depois de seco lixe bemÉ inevitável que o rejunte pegue na madeira. Depois de seco, lixaremos tudo, para preparar a madeira para a pintura. 
Depois de seco e lixado, pintaremos a madeira na cor desejada.Pinte o verso e as laterais da madeira

Primeiro, pinte com uma demão de tinta pva branca, espere secar e aplique duas demãos da cor escolhida.
Eu utilizo esmalte à base de água, e escolhi a cor lilás, combinando com os passarinhos.

Aplique o verniz para o acabamento
Depois de tudo seco, passaremos o verniz acrílico no mosaico, e limparemos já em seguida, com a estopa, para tirá-lo dos azulejos.
Lembrem-se que o verniz deve apenas proteger o rejunte para ele não ficar escuro depois.

Quando o verniz secar, após 5 minutos, colocaremos um ganchinho atrás, para pendurarmos o porta-chaves.
Para fixarmos os ganchos das chaves, primeiro faremos os furos com um prego, para facilitar a fixação dos ganchos.Marque os pontos dos furos com um prego
Atarreche os ganchos nos furos feitosOs ganchos que uso aqui são de rosquear, e são simples de fixar depois de feitos os furos com o prego.

Aí está o porta-chaves depois de pronto.

Porta-chaves com mosaico de passarinhos prontinho pra usar

Espero que vocês gostem deste passo a passo, e que entendam tudo!
Se tiverem dúvidas, escrevam nos comentários, por favor, que logo responderei!
Beijos e muita inspiração para vocês!
Vero
Vero Kraemer nossa professora de técnicas de mosaico

Sou a Vero Kraemer colunista sobre mosaicos para a Vila do Artesão.
Visitem o Além da Rua Atelier e conheçam todo o meu trabalho.

Esse passo-a-passo foi produzido para a Vila do Artesão.
Proibida a reprodução sem autorização prévia. Clique e leia nossa licença.


TE AMO JESUS""

Um comentário:

  1. MELHOR SITE DE VENDAS http://www.mercadozets.com.br/

    VENDE DE TUDO

    CHAVES

    http://www.mercadozets.com.br/ListaProdutos.asp?texto=chave&IDCategoria=9090

    FERRAMENTAS

    http://www.mercadozets.com.br/ListaProdutos.asp?idCategoria=9090

    VENDE DE TUDO TEM BERÇO ELETRONICOS CELULARES TV NOTEBOOK COMPUTADOR ACESSORIOS PARA CARROS BRINQUEDOS ARTIGOS INFANTIS E MUITO MAIS ...

    ResponderExcluir

"ORAÇÃO DO ARTESÃO"
"Senhor! Tu que és maior dos artistas, fonte das mais belas inspirações. Abençoa meu talento e as minhas obras.

Maravilhoso é o dom que me deste, na louvada missão de servir-te com
alegria, e de exercer meu trabalho com amor e dedicação. Por isso,
agradeço-te por permanecer sempre comigo.

Dá-me o equilíbrio entre a razão e a emoção, humildade e sabedoria para me aperfeiçoar.

Inspira-me, ó Mestre, a criação do novo e do belo. Protege também, todos os artesãos e os artistas em suas carreiras e gêneros.

Faze com que minhas obras contribuam para a construção do teu reino,
e que eu prospere, seguindo teus desígnios, pelos caminhos gloriosos da arte.

Amém!"